◄ Voltar
Temporada

Voz Extraordinária Katia Guedes • Festas de Lisboa 2018

de 22 de Jun. de 2018
a
22 de Jun. de 2018

O'culto da ajuda
Belém, Lisboa, Portugal

Voz Extraordinária 

Katia Guedes . soprano

Ciclo integrado nas Festas de Lisboa 2018

 

Sexta-feira dia 22 de Junho 2018, 21h30 - O’culto da Ajuda em Lisboa

PROGRAMA

Rainer Ruppert – 4 Canções de Fernando Pessoa (2013) **

I           O que chora

II          Última estrela a desaparecer

III         Creio

IV         Quer pouco

Martin Daske – Noten setzen (2010) *

Jocy de Oliveira – Naked Diva (2000) *

Suzanne Stelzenbach – Vis-a-vis (2001) *

Charlotte Seither – Dreizehn Verwehungen (2012) *

Katia Guedes – “ein-gebrant” (gravado na pele) (2016) *

 

* estreia em Portugal

** estreia absoluta

 

Com o apoio de Senatsverwaltung für Kultur und Europa

      

 

Berlim Contemporâneo: 7 peças para soprano solo

Nos 28 anos que vivo já na Alemanha tenho feito inúmeros concertos de música contemporânea, trabalhando directamente com os maiores compositores vivos da actualidade. Escolhi 6 peças de compositores vivos berlinenses, ou que vivem ou viveram em Berlim, para mostrar ao público lisboeta pelo menos uma parte do que se tem feito em música contemporânea vocal nesta cidade. Graças ao programa cultural do DAAD (Deutsche Akademische Austauschdienst), que convida anualmente 2 artistas de cada ária para viver em Berlim, a cidade tem se transformado no maior “pool” internacional de arte contemporânea da actualidade.

Katia Guedes

 

 

Katia Guedes é formada em Música pela Universidade se São Paulo. Após receber uma bolsa de estudos da Fundação Konrad-Adenauer, deu continuidade aos seus estudos de canto na „Hochschule für Darstellende Kunst“ em Stuttgart, e também na „Hochschule für Musik Hanns Eisler“ em Berlim na classe de Inge Uibel.

Ainda no Brasil foi aluna de Leila Farah, tendo feito cursos tambem com Ula Wolf, Martha Herr, Marta Laurito, Carmo Barbosa, Eduardo Janho Abumrad, Francisco Frias e Niza de Castro Tank.

Também fez cursos de extensão com Ileana Cotrubas e Elio Battaglia.

Fez Mestrado em Musicologia na TU-Berlin (Universidade Técnica de Berlim) com Helga de la Motte e em Teatro na FU-Berlin (Freie Universität Berlin) com Erika Fischer-Lichte.

Katia Guedes foi premiada no Brasil nos concursos „Jóvens Solistas“ de São Paulo, „Carlos Gomes - Funarte“ no Rio de Janeiro assim como „Erika-Kött-Wettbewerb“ na Alemanha, onde vive até hoje, em Berlim.

Katia Guedes tomou parte em inúmeras óperas, donde se pode destacar a Rainha de Noite na „Flauta Mágica“ de Mozart, Partenia („Alkeste“ de Anton Schweizer), Gilda („Rigoletto“, G. Verdi), Morgana („Alcina“ G.F.Händel)assim como Gabrielle em „Die Teufel von Loudun“ de Penderecki sob regência de W. Jurowski e direção de Harry Kupfer na Semperoper, Ópera Estatal de Dresden. Ela também é artista convidada regularmente do „Konzerthaus Berlin“.

Katia Guedes tem se dedicado especialmente à criação de óperas contemporâneas, em trabalho direto com diversos compositores, que têm escrito especialmente para sua voz. Dotada de extrema extensão vocal (mais de 3 oitavas) tem se dedicado a novas formas de expressão vocal, incluindo novas ténicas vocais.

Tomou parte nas primeiras audições mundiais de (entre outras): „Heinrichs Fieber, eine Kleist Vision“ (Humel),“verzeihung, der Kopf“, „Ich schlafe was ich denke“ e „KLIMA_vorher.sagen“ (Stelzenbach / Hoyer), „As Malibrans“ (Jocy de Oliveira), „Luisas Traum“ (C. Herzog), „zwei etagen, keine treppe“ (Klaus Lang), „Destino das Oito“ (Chico Mello), „La philosophie dans le labyrinthe“ (Aureliano Cattaneo) Bienal de Munique 2006 sob regencia de Emilio Pomarico e Viena2007 sob regencia de Lukas Vis, „Der Sonne entgegen“ de Lucia Ronchetti em Gelsenkirchen/Berlim, „niebla“ de Mendoza/Rebstock em Hellerau bei Dresdener Musiktage e em Berlim, „die architektur de regens“ de Klaus Lang na bienal de Munique em 2008, assim como „a queda do céu“ (Taborda) na Bienal de Munique, em São Paulo 2010 e em Viena 2013, „Lezioni di Tenebra“ (Ronchetti) em Berlim/Hannover/Roma e em Salzburg 2013, tendo sida transmitida ao vivo pela RAI 3.

Katia Guedes participou em diversos festivais internacionais de música, donde se podem destacar  Campos do Jordão (Brasil), Musica Nova (Santos – Brasil), Acarte (Lisboa – Portugal), comPositionen – (Berlim), Musikbiennale (Berlim,) World Music Festival (Pusan – Korea), Dresdner Musikfestspiele (Dresden – Alemanha), Ultraschall (Berlim), tagederneuemusik (Braunschweig - Alemanha), MärzMusik (Berlim), Auftakt 2005 (Frankfurt – Alemanha), zeitfenster Berlin 2006, Musikbiennale München 2006/08/10, tendo trabalho com os conjuntos „Ensemble Mosaik“, „Kammerensenble Neue Musik Berlin“, , „Berliner Synphoniker“, „Orquestra da Radio Cultura de São Paulo“,“Orquestra Sinfônica de Santo André“, „Orquestra do Estado de São Paulo“, „Staatsphilarmonie Rheinland-Pfalz“, „Staatsphilarmonie Reutlingen“,„Lauten Compagney“, „United Berlin“, „zwischentöne“,„Modern Art Sextett“, „resonanz“, „courage“, „Klangforum-Wien“,„nieuw ensemble amsterdam“ entre outros.

Katia Guedes tem inúmeras gravações nas rádios alemãs, italianas e brasileiras assim como produções de CDs.

www.katia-guedes.de

 

Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Endereço Travessa das Zebras 27