Temporada Miso Music Portugal - arquivo

A Temporada Miso Music Portugal teve início em 2007 e tem consistido em ciclos de espectáculos ao longo do ano em estreita ligação com as várias actividades desenvolvidas pela Miso Music Portugal.

Os programas propostos no âmbito da Temporada têm um carácter diversificado, variando entre eventos dedicados à música electroacústica, mista ou estritamente instrumental, teatro musical e nova ópera, espectáculos para crianças, eventos de pedagogia pela arte, cursos e workshops, concertos organizados por ocasião de lançamentos de novas edições nomeadamente discográficas, concertos monográficos em torno de um compositor, acolhimento de projectos inovadores musicais ou pluridisciplinares, apresentações de novíssimos intérpretes lado a lado com solistas consagrados,... e como sempre, seguindo as linhas condutoras de toda a actividade da Miso Music Portugal, destacando a música portuguesa e pondo em perspectiva o repertório do século XX com a criação musical no presente.
Ao longo destes 8 anos de Temporada tivemos o privilégio do acolhimento generoso de algumas entidades culturais, muito especialmente do Instituto Franco-Português entre 2007 e 2010 e posteriormente do Goethe-Institut de Lisboa a partir de 2011. Com estes parceiros pudemos cumprir parte da missão a que nos destinamos no sentido de fomentar, produzir, divulgar e promover a criação musical do nosso tempo e o seu cruzamento com as outras artes.

Todavia, a falta de um espaço próprio, implicou sempre condicionantes de ordem diversa que limitaram o desenvolvimento porque aspiramos. Assim chegou finalmente a altura de dispormos de um espaço para acolhimento das criações próprias da Miso Music Portugal e das companhias de música associadas, mas também de acolhimento de outros projectos de criação, possibilitando um nível de experimentação e serenidade até aqui impensável, oferecendo residências de criação e produção em condições excepcionais, nomeadamente técnicas, aproveitando a dotação técnica extraordinária da Miso Music Portugal, conseguida ao longo de várias décadas de investimento.

Este novo espaço O'culto da Ajuda, na Ajuda, em Lisboa, passa também a acolher a Temporada da Miso Music Portugal a partir do final de Outubro de 2014, data da sua inauguração.

Consulte aqui o arquivo das Temporadas até 2013

◄ Voltar
Temporada

Percussão Extraordinária: Nuno Aroso

17 06 2017 21:30

O'culto da Ajuda
Lisboa, Portugal

17 de Junho de 2017 | 21h30
O'culto da Ajuda | Lisboa


 

Percussão Extraordinária

Ciclo de Percussão no O’culto da Ajuda integrado nas Festas de Lisboa 2017

 

Nuno Aroso

Nuno Aroso . percussão

 

Luís Antunes Pena - Música Para 30 Metais (2012) *

Matthew Burtner - Broken Drum (2003) *

Karlheinz Essl - Sequitur XI (2011) *

Nicolaus A. Huber - Clash Music (1988) *

João Pedro Oliveira - Vox Sum Vitae (2011)

Jaime Reis - Omniscience is a Collective (2017) **

Lei LiangTrans (2016)

 

* estreia em Portugal

** estreia absoluta

 

METAL

"Entre nós e as palavras há metal fundente…” (Mário Cesariny in You are welcome to Elsinore)

Tenho, desde há muito tempo, um interesse particular por instrumentos de percussão feitos de metal. Encontro neles a poética própria do que é contraditoriamente frágil e rude, sensível e áspero, despojado, adornado, múltiplo e simultaneamente único. Serão, porventura,  os mais “alquímicos” de todos os instrumentos musicais. Metal, para percussão solo é um recital que põe em evidência um conjunto de peças que me foram sendo dedicadas, com a excepção de Huber e Liang, por compositores da minha admiração, com a particularidade de apenas serem usados instrumentos feitos de metal e dispositivos de electrónica. A narrativa desenrola-se a partir da monumental obra para 30 pratos de Luís Antunes Pena e segue, por entre discos de travão de automóvel, vibrafone, triângulos, lâminas de alumínio, ferros de vários tamanhos, latas coloridas,  taças de cobre,  sinos de culturas distantes, divagando entre a complexidade e a simplicidade de meios até à última obra, que reúne um conjunto multi-instrumental  e que convida o público presente a participar num diálogo musical comigo, que nesse momento estarei na condição de maestro/percussionista.

Nuno Aroso

 

Telefone 213 620 382
Email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Endereço Travessa das Zebras, 25/27 - 1300 Lisboa