MUTABILIS/rosa em residência no LEC (Março de 2017)

Março de 2017 |
O'culto da Ajuda | Lisboa

 

MUTABILIS/rosa

 

O projecto MUTABILIS, de Paula Pinto, António de Sousa Dias e Rita Casaes, irá estar em residência no O'culto da Ajuda durante o mês de Março.

MUTABILIS/rosa é a segunda fase de uma performance em desenvolvimento que propõe uma experiência sensorial imersiva e que será apresentada no dia 21 de Maio no O’culto da Ajuda, no âmbito do Festival Música Viva 2017.

Estreada no âmbito do Temps d’Images 2016 (MUTABILIS/branco), prepara-se agora uma nova versão (MUTABILIS/rosa) que se inspira na flor do Hibisco Mutabilis, também conhecida por rosa-louca, abrindo pela manhã em branco puro e mudando até ao violáceo.

Na passagem de um estado para outro, constantemente mudando de forma, MUTABILIS busca capturar o movimento vivo da realidade humana, um contributo para a abraçar na sua diversidade e profundidade, afirmando a vida nas suas transformações.

Uma alegoria dos processos de mudança que nos atravessam e se entrecruzam em nós. Da união de movimento, som e imagem, explorados de forma mais intensa na primeira fase, junta-se agora uma viagem pela captura e tratamento de sinais vitais, aprofundando a convivência de diferentes espaços, de diferentes tempos onde apenas a mudança é constante.

 

FICHA ARTISTICA:

Criação e Interpretação Paula Pinto (movimento e figurino), António de Sousa Dias (criação sonora e programação), Rita Casaes (criação vídeo, videomapping) e José Luís Ferreira (projecção sonora)
Execução de guarda-roupa Alexandra Monteiro e Rafael Saldanha
Desenho de Luz Victor Azevedo
Conteúdos vídeo adicionais Barbara Simões da Hora e Luís Fernandes
Produção Associação sentidosilimitados
Co-Produção Miso Music Portugal
Residência de Criação O’Culto da Ajuda

FaLang translation system by Faboba