Daniel Gomes em residência no LEC

Durante o mês de Março de 2015 Daniel Gomes, jovem compositor português especializado em sonic arts, está a realizar uma residência no Laboratório Electroacústico de Criação (LEC) da Miso Music Portugal, para trabalhar no seu novo projecto Invergent Flex, for alloy.

Daniel Gomes iniciou os seus estudos em som na ETIC, Escola Técnica de Imagem e Comunicação, que prosseguiu em Madrid onde completou um diploma em engenharia de áudio na SAE Institute. Em 2009 realizou o curso de sonologia no Conservatório Real de Haia, estudando composição de música electrónica com Kees Tazelaar. Em 2012 obteve o grau de mestre em sonic arts, pelo Sonic Arts Research Centre na Queen’s University College em Belfast, sob orientação de Eric Lyon. Tem trabalhado em sonoplastia e como técnico de som para peças teatrais, cinema e eventos diversos.
O seu trabalho abrange o campo da música assistida por computador e a composição. Realizou e desenvolveu performances utilizando o som como um meio para a composição e o computador como ferramenta de composição, sendo que parte importante deste trabalho envolve a síntese sonora processada em tempo real e a espacialização. Em 2010 a sua peça Resultado Branco foi seleccionada para o festival Black & White na categoria de áudio experimental, e em 2013 integrou o conjunto de jovens compositores no Banc D’essay do Groupe de Recherche Musicales em Paris.

Invergent Flex, for alloy é um projecto de Daniel Gomes cujo conceito manifesta-se através da exploração de objectos tipicamente não ressoantes.

FaLang translation system by Faboba